PMB entrega novo Ver-O-Rio. Obras de revitalização foram decididas pela população nas plenárias do Fórum Tá Selado.

PMB entrega novo Ver-O-Rio. Obras de revitalização foram decididas pela população nas plenárias do Fórum Tá Selado.

A inauguração do novo Complexo Ver-o-Rio, na noite desta quinta-feira, 14, foi marcada por muita comemoração, programação cultural e homenagens. O espaço foi completamente revitalizado pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb).

Revitalização- O espaço foi ocupado por famílias, jovens, crianças e idosos que aproveitaram o novo complexo. O local passou por revitalização completa com restauro das passarelas, recomposição das calçadas com pedras portuguesas, nova quadra de areia, playground destinado às crianças e também instalação de equipamentos para a realização de atividades físicas,  paisagismo, além de nova identidade visual.

A autônoma Maria Piedade, de 65 anos, aproveitou a tarde ensolarada para contemplar o por-do-sol na ponte do Ver-o-Rio. “Para mim tá tudo muito bonito, principalmente comparado ao que estava antes. Agora vou curtir a programação cultural”, contou.

Janela para o rio

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, entregou o novo espaço e destacou simbolismo do local para a população de Belém. “É um espaço onde o povo contempla o rio. Local que ajuda a gerar renda para diversas famílias, para diversão, um verdadeiro urbanismo para possibilitar a cidadania. O Ver-o-Rio tem o simbolismo de ser uma janela para o rio e permite ao povo de Belém, que a reconheça como cidade ribeirinha”, explicou.

Demanda do Tá Selado

A obra no Ver-o-Rio foi uma demanda apresentada nas plenárias dos bairros, que compõem o Distrito Administrativo de Belém (Dabel), no Fórum Permanente de Participação Cidadã Tá Selado e está orçada em R$ 998.565,00. 

Qualidade – De acordo com o titular da Seurb, Deivison Alves, o trabalho de recuperação do complexo foi intenso. “Belém necessita muito desse espaço, foi uma revitalização completa, em todo espaço, desde as pedras portuguesas até o paisagismo e a sinalização. Obra de qualidade sendo entregue”, garantiu. 

O Ver-o-Rio, que é administrado pela Coordenadoria Municipal de Turismo de Belém (Belemtur), também passou a ter nova sinalização e 875,72 metros de ciclofaixa feitas pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob).

 A Guarda Municipal de Belém passa a contar, a partir de agora, com o espaço  denominado Grupamento Especial Turístico, localizado na área do Ver-o-Rio, que possui câmeras de videomonitoramento do local.

Os 32 comerciantes que atuam no local, cadastrados, tanto nos quiosques como nos equipamentos, possuem padronização e são ordenados pela Secretaria Municipal de Economia (Secon).

Moradora da cidade de Macapá, no estado do Amapá, a jornalista Eliane Cantuária, de 51 anos, está aproveitando as férias em Belém.

A turista ficou encantada com o espaço que visitou pela segunda vez.  “Eu vim aqui há muito tempo e agora tô visitando novamente. Eu venho de Macapá, e acho esse espaço muito legal, uma oportunidade de ver o rio. O que mais me chamou atenção é a quantidade de pessoas presentes aproveitando o espaço, ocupado pela população”, disse Eliane.

Homenagens – Durante a programação, o prefeito Edmilson Rodrigues sancionou o Projeto de Lei, que institui em Belém o Dia de Tributo a Raul Seixas, dia de tocar Raul. A data será comemorada no dia 21 de agosto, dia do falecimento do artista.

Outro músico homenageado durante a programação foi o mestre Laurentino, que recebeu das mãos do prefeito Edmilson Rodrigues um certificado que concede ao artista o reconhecimento a sua trajetória, que há nove décadas inspiram a cultura de Belém.

Crédito – A Prefeitura de Belém entregou cheques simbólicos para alguns permissionários do Ver-o-Rio, que receberão o crédito solidário, disponibilizado pelo Banco do Povo. Ao todo, seis microempreendedores receberão o crédito que, somando todos os contemplados, chega a um valor de R$ 21.500.

O crédito solidário tem juros de 0,6% e o valor máximo permitido por pessoa é de R$ 5 mil. Vendedora de bombons há 16 anos no complexo, Geralda Monteiro, de 53 anos, vai usar o valor de R$ 1,3 mil, para comprar material para a venda.

“Eu fiz para investir no meu negócio, ampliar, colocar mais mercadoria para trabalhar, ficar uma coisa melhor para mim, um benefício que chegou em boa hora. Eu já tenho mais de 15 anos aqui no Ver-o-Rio, trabalhando sempre com bombom, agora, depois da reforma, realmente melhorou, estava precisando. O espaço está muito bonito”, afirmou Geralda.

Lazer e cultura e arte

 A noite da entrega da revitalização do Ver-o-Rio encerra com apresentação de artistas locais. A apresentação cultural contou com a participação de Delcley Machado, mestre Laurentino e do MG Calibre e banda.


“É uma honra se apresentar na inauguração do Ver-o-Rio e ,mais honra ainda, ao lado do mestre Laurentino”, comentou o músico MG Calibre.

Texto:

Victor Miranda